Buscar

O Big Data e seus benefícios para o E-commerce

O e-commerce no Brasil vem crescendo a passos largos desde 2020. A pandemia da covid-19 contribuiu de sobremaneira para isso, uma vez que as lojas físicas foram obrigadas a limitar o atendimento presencial.

E-commerce

Ainda assim, mesmo após o fim das restrições de distanciamento social, as compras online seguem em alta no país.

Ao comparar o primeiro trimestre deste ano, com o mesmo período de 2021, o setor teve alta de 12,59%. Usando a mesma base comparativa, o faturamento também teve um aumento de 11,02%,

Os dados são do índice MCC-ENET, desenvolvido pela Neotrust | Movimento Compre & Confie, em parceria com o Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital.

A tendência é que esses números continuem crescendo nos próximos anos, aumentando também a competitividade. Assim, o big data entra como uma ferramenta essencial para tomada de decisões para alavancar o crescimento dos negócios.


Sobre o big data

O termo já é bem conhecido, e pode ser resumido como armazenamento e processamento de grande volume de dados.

Ao trazer para o ambiente do e-commerce, a troca de dados entre comprador e vendedor é enorme. Por isso, mais que quantidade, é importante saber como usar essas informações.

Assim, o desafio que se apresenta para as empresas é sobre como processar a quantidade crescente de conteúdos produzidos pelos clientes, mapeando comportamentos, tendências e oportunidades de negócios.


Benefícios para o e-commerce

O relacionamento com clientes passa pelo uso inteligente dos dados. Com base no big data, é possível descobrir as necessidades dos consumidores e o que pode ser realizado para melhorar o atendimento.

Desta forma, há bastante material para se detectar padrões e pontos que contribuem para estreitar laços com múltiplos perfis distintos. Entenda como o big data pode afetar os aspectos do e-commerce.


Definição de preço

Estipular o melhor preço para um produto ou serviço é fundamental para chamar a atenção de clientes de uma maneira positiva e fazer com que mais compras sejam concretizadas.

Quando se trata do ambiente virtual, é muito fácil analisar a concorrência e verificar quais preços estão sendo praticados no mercado.

Com o big data, é possível realizar essa tarefa de forma rápida e completa. Robôs são capazes de coletar volumes de informação em tempo real, permitindo uma ampla visão de como a concorrência está precificando seus produtos ou serviços.


Jornada de compra

Entender como o cliente chegou até o site e, principalmente, até a finalização da compra, ajuda a otimizar os recursos tanto de marketing quanto de programação.

Por meio da mineração de dados, é possível conhecer as páginas visitadas pelo cliente antes da compra, as lojas e os links que ele clicou, as interações que ele teve com outros produtos daquela marca ou serviços.

Assim, com essas informações, a criação de estratégias e campanhas focadas em atrair padrões específicos de consumidores, além da fidelização de clientes se torna mais viável para a concretização da venda.


Tendências de consumo

Um ponto sensível para o comércio eletrônico é o estoque. Ter estoque de menos pode deixar a empresa despreparada para um súbito aumento de demanda. Por outro lado, estoque demais pode onerar os custos e até gerar prejuízos irreversíveis.

Com o big data é possível equilibrar o estoque e evitar desperdícios por meio da previsão de tendências de consumo. Ao coletar e analisar dados confiáveis e atualizados, pode-se prever tendências com alto nível de precisão.

Assim, além de estar mais preparado para lidar com o estoque no presente, é possível evitar problemas no futuro.

Nesse caso, o cliente também sai ganhando, pois tem a certeza de que o produto que ele deseja vai estar em estoque e será entregue rapidamente, criando uma relação de confiança com a empresa.


Portanto, o big data se torna extremamente necessário para simular cenários, ajudar na tomada de decisões e principalmente entender e projetar a sua buyer persona ideal.

Assim, o diferencial de um e-commerce deve passar pelos processos proporcionados pelo uso da tecnologia. Com um comércio cada vez mais acirrado, otimizar estratégias é indispensável para o sucesso do negócio.




0 visualização0 comentário