top of page

ETL e Migração de Dados

Escrito por: Fábio Linhares


Você já ouviu falar em ETL? ETL é um acrônimo para extração, transformação e carga de dados. É geralmente empregado em contextos de migração de dados, cujo objetivo principal é transportar os dados da fonte A para o destino B. Simples assim. #SQN. “Só que não”, mas essa com certeza você já sabia.

Mas como assim migração de dados? Para que migrar dados? Qual a necessidade disso? Perguntas como essas costumam orbitar o tema e um ou outro pode pensar: isso é coisa de grandes empresas. Sim. Também, mas não só.

Imagine que você começou um pequeno empreendimento há algum tempo, que controla pedidos, estoque, faturamento e tudo mais relacionado ao negócio no Excel. Você, muito provavelmente não precisará se preocupar com ETL. Quando sua empresa crescer um pouco mais o caminho natural será a implantação de um sistema ERP, digamos, praticamente do zero.

Mas imaginemos que você tenha um negócio estruturado, sistemas ERP e etc. funcionando perfeitamente, mas a demanda de mercado te permite crescer mais. Agora você precisa integrar dados de algumas filiais para poder administrar melhor os fluxos do negócio. Você ouve falar em nuvem, cloud, e se pergunta: será que dá para colocar tudo isso que temos espalhado em diversos “servidores” em cada uma das filiais em um programa só na nuvem? Sim. Este é um dos cenários do ETL.

Se você ainda não chegou neste ponto, não se preocupe. Sua hora chegará. Migrar para a cloud é uma tendência real dos negócios em franco crescimento no cenário global. A aquisição de ERPs e bancos de dados integrados tem sido uma das melhores soluções de gestão dos últimos tempos. Sabe aquele relatório que cada um dos gerentes de filial manda separadamente e você perde tempo integrando para gerar seus gráficos e alimentar suas planilhas? Deixe tudo isso para trás. Imagine acessar isso tudo integrado quando quiser. E muito mais. E a segurança? Pois é. Ponto importante. Sabe a comparação entre acidentes de avião e de automóveis? Eleve isso a uma potência bem grande. A maioria dos grandes serviços de nuvem são extremamente seguros. As empresas investem milhões de dólares nisso. Com certeza a segurança será muito maior do que a que há na maioria dos departamentos de “informação” das empresas.

Ok. Tudo isso é legal, mas deve custar caro. Sabe aquela sigla #SQN? Cabe muito bem aqui. Grosso modo, o preço pode ser ajustado de acordo com as necessidades reais dos negócios e, via de regra, representam uma quantia inferior à que as empresas costumam gastar com infraestrutura própria. Mas este não é o foco aqui. Há inúmeras variáveis a considerar antes de considerar migrar para a cloud ou para um ERP melhor ou para um SDBD melhor. O custo é apenas uma dessas variáveis.

Então, supondo que você se encaixa e/ou se interessa por um dos “cases” acima, o que fazer? Aqui a resposta também é ampla, mas para te dar um norte, pense em quão sensível pode ser o processo de mudança. Se der para desligar tudo no dia 1º e religar tudo no dia 2º e não tiver problema para a empresa, ótimo. Melhor dos mundos. Desliga, copia, transforma, carrega, liga. Tudo pronto. É só usar. Porém, nem sempre é assim.

Grande parte das vezes os sistemas não podem ser desligados para não causar prejuízos ao negócio. Tudo tem que ser minuciosamente planejado, preparado, agendado e documentado. Antigos e novos colaboradores precisarão ser treinados, avaliados, dados precisarão ser ajustados, conferidos e (re)conferidos diversas vezes. Consistência e confiabilidade serão suas palavras de ordem. Sua empresa dependerá do sucesso da operação. Então você pensa: deixe para lá. “Em time que está ganhando não se mexe”. Pode ser, mas tudo evolui, as tecnologias e os negócios, principalmente. Do jeito que está, pode ser que no futuro você para de ganhar.

A tecnologia nos torna competitivos e nos mantém vivos no mercado. Além disso, na maioria das vezes, nos ajuda a ganhar mais. A sobrevivência da sua empresa amanhã dependerá muito das escolhas que fizer hoje. A otimização dos serviços é uma necessidade real. O aprimoramento tecnológico também. Foi pensando nisso que a First Decision investiu anos em formação e aprimoramento do time de ETL. Muito mais que levar os dados de um lado para o outro, de um sistema para o outro, nosso objetivo é te ajudar a crescer com segurança, qualidade e eficiência. Impulsionar seus negócios, ser teu parceiro nesta jornada de evolução tecnológica e te ajudar a resolver problemas é a nossa missão. Nosso ETL não é apenas de dados, mas de negócios.

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page